Após dois anos muito difíceis, a economia em diversos setores da indústria tenta se manter na corda bamba até que o terreno esteja mais seguro, mesmo com alguns setores tecnológicos ultrapassando expectativas e trazendo novas tendências para a produção das grandes fabricantes, ainda estamos vivendo os efeitos da pandemia.

Mas há esperança com a vacina e a ainda lenta volta aos trilhos, o mercado de cilindros hidráulicos, por exemplo, atingiu um valor de US $14,1 bilhões em 2020, ainda não temos números desse ano, mas a expectativa é que esse número tenha aumentado, já que na época em que foi registrado estávamos no pior momento da pandemia e da economia mundial.

Grupos que acompanham o mercado global hidráulico espera que a margem de crescimento atinja os 5% até 2026, já que ainda há muitas incertezas sobre a Covid-19 e suas mutações. O crescimento se daria pelo impulsionamento causado por indústrias da construção e mineração, que voltam à todo vapor no próximo ano.

Setores em crescimento

Também há um olhar muito maior sobre a indústria aeroespacial, com empresas como Tesla e Virgin se aventurando em viagens espaciais levando essa indústria para outros patamares em relação ao que estávamos acostumados há décadas. Componentes hidráulicos como servo-válvulas são essenciais para o devido funcionamento de aeronaves e em equipamentos para exploração do espaço, com o aumento de viagens comerciais e o lançamento de satélites quase que diariamente, esse mercado só tende a crescer mais.

A agricultura continuou tendo grande importância na produção de alimentos durante a pandemia, mesmo com todos os problemas relacionados à lockdown e os perigos do vírus, essa indústria continuou ativa. Com a volta gradativa ao normal, ou novo normal, e a substituição de equipamentos manuais por componentes hidráulicos é quase claro que há outro terreno fértil para o setor hidráulico nos próximos meses.

Necessidade de investimentos em inovação

De acordo com relatório da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), a taxa de investimento nacional caiu para 16%, fato que colaborou segundo a associação na retração da economia brasileira. O relatório também mostra que entre 1996 e 2019, a taxa de investimento média brasileira alcançou 18% do PIB, enquanto a média mundial, 23,6%.

Para que o setor hidráulico cresça é preciso contar com inovação da indústria 4.0, por isso o relatório mostra um pequeno sinal de crescimento nesse tema. Em 2020, o Brasil melhorou quatro posições no Índice Global de Inovação (IGI) na comparação com 2019, passando da 66ª colocação para a 62ª no ranking que abrange 131 países.

Sobre a Global

A Global Hidráulica e Pneumática é uma empresa certificada ISO 9001:2015 em todos seus produtos e serviços e tem como foco a qualidade nas soluções em sistema óleo hidráulicos industriais.

Contando com uma área de mais de 2.000 m² e com profissionais com mais de 30 anos de experiência, a Global vem investindo na melhoria dos processos produtivos, no desenvolvimento de novas tecnologias e na constante qualificação de sua equipe, buscando ampliar sua presença no mercado nacional e internacional.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *